Oficina Fotografia Hackeada

A evolução das tecnologias de comunicação, baseadas em sistemas fechados e/ou proprietários, colabrorou de forma bastante questionável para o desenvolvimento do planeta – direitos humanos, educação, saúde pública e preservação ambiental são algumas das áreas-chave nas quais as ações ficam condicionadas pela formatação dos seus fluxos e conteúdos internos e externos de comunicação.
Acreditamos que informação e conhecimento empoderam, mas são insuficientes quando não são de acesso democrático.
Guiado por essa premissa, o FotoLivre realiza a oficina Fotografia Hackeada: uma ação de discussão e aprendizado coletivo sobre as possibilidades de romper com as limitações impostas pelas ferramentas, suportes e plataformas dominantes na fotografia contemporânea, com foco nas formas e conteúdos de registro fotográfico histórico, documental e artístico.
21140954893_4e6c0bdfa7_o
A atividade é realizada com uma prática guiada sobre os itens:
– Hacks de Hardware para captura
– Acessórios DIY – Do it yourself, como estabilizadores de imagem e tripés feitos de material barato e acessível
– Debate sobre autoria e cobertura coletiva, colaboração
– Softwares Livres para edição e tratamento de imagens individuais e em lote
– Licenciamento livre de conteúdo fotográfico

– Plataformas abertas e/ou livres para a publicação de conteúdo fotográfico

A oficina tem um conteúdo modulável conforme o contexto no qual estiver inserida, possibilitando o aprofundamento em distintos conteúdos conforme o interesse e necessidade do grupo participante.